Sinesio Bittencourt > News > Inteligência artificial

Inteligência artificial

Inteligência artificialAndré Lemos, professor da Universidade Federal da Bahia, precursor no Brasil nos estudos que integram sociologia, tecnologia e internet das coisas (IOT), parece ter previsto ao que hoje assistimos, de certo modo, fascinados: a inteligência artificial em ação, provocando mudança no cenário urbano e rural.

Será esta a era dos robôs e da integração entre coisas e objetos e internet? Pelo jeito, parece que sim. São temas cada vez mais discutidos e noticiados.

[ad id=’3939′]

Mas, afinal, o que é internet das coisas e por que esse assunto é tão falado atualmente? Saiba a seguir!

Internet das coisas

Publicada em 2012, a obra “Comunicação das coisas: teoria ator-rede e cibercultura”, de autoria de André Lemos, referência na área, sintetiza com clareza o que é internet das coisas.

O autor define tal fenômeno como uma forma de garantir que as máquinas, os objetos ou quaisquer outros equipamentos, tenham autonomia para atuar, sem que com isso precisem do monitoramento constante do ser humano.

[ad id=’3939′]

Em outras palavras, a IOT é a inteligência artificial dos objetos, ou seja, a capacidade que eles têm, quando programados nesse sentido, de realizar tarefas ou atribuições de forma automática. Atividades que, em tese, deveriam ser feitas por seres humanos.

Você tem dúvidas que isso, de fato, possa acontecer? Sim? Então, sentimos muito em desapontá-lo. Isso já é uma realidade e pode ser vista a partir de alguns exemplos que, a seguir, apresentamos.

IOT e mudanças

A Internet das Coisas já é algo real e faz parte do cotidiano de muitas pessoas e empresas. Veja, abaixo, alguns exemplos:

Sono tranquilo

Sabia que já existe uma tecnologia que permite que durma de forma mais tranquila e, assim, consiga recompor suas energias?

Então, estamos falando de uma máscara criada pela NeuroOn, a qual é capaz de analisar os movimentos de nosso rosto, bem como a tensão muscular e as ondas cerebrais. Os dados coletados permitem que a tecnologia indique formas de sono mais tranquilas.

Leia também:

Pulseira inteligente

Também temos à nossa disposição pulseiras inteligentes que monitoram as nossas atividades físicas de forma automática, medindo, por exemplo, a quantidade de passos que andamos, a distância percorrida, as calorias que perdemos e os nossos batimentos cardíacos.

As informações são, automaticamente, apresentadas na própria pulseira ou compartilhadas com equipamentos como smartphone para uma melhor experiência.

Casa conectada à internet

Já contamos, atualmente, com empresas especializadas em tecnologias artificiais que garantem que uma casa se torne 100% online, podendo ser gerenciada a partir de um simples dispositivo móvel ou de sensores sensíveis à presença humana.

Por exemplo, é possível encontrar soluções que permitem que uma luz se acenda, automaticamente, quando uma pessoa entra no ambiente.

Outra tecnologia nesse sentido são os termostatos, soluções que se integram ao celular. Eles estudam a rotina dos moradores de uma casa e oferece sugestões para uma melhor experiência.

A Internet das Coisas é uma tendência, vale dizer. A cada dia, empresas tecnológicas investem densamente para a criação de soluções inteligentes que possam trazer mais conforto e qualidade de vida para as pessoas, assim como também produtividade e eficiência para as empresas — um exemplo claro nesse sentido é o chatbot, tecnologia de atendimento ao cliente automatizada e inteligente.

Acompanhar o desenvolvimento tecnológico é o nosso dever. Portanto, fique de olhos abertos e aproveite o máximo essa revolução para produzir mais e obter maior eficiência em seus negócios!

Leia também:

[ad id=’3939′]

Este artigo foi escrito pelo Sinesio Bittencourt, Technology Evangelist da HostGator.